quarta-feira, 13 de junho de 2012


Medusas, medusas, sereias.
A vida me aperta o braço
Até saltarem as veias.

2 comentários:

talal disse...

Petrificados,
vamos todos
com o coração na mão.

Graça Carpes disse...

Escorre o... Mar!
;)