quarta-feira, 8 de julho de 2009

Queria muito



Queria muito não te amar.
Ou pelo menos, por tanto te amar
Saber dizer:
-- Te amo.

Em vez disso,
Eu me engano.
Por dentro eu falo,
Por fora me calo,
Por ora me dano.

Ou melhor ainda:
Finjo que não sei
(E não ouso saber)
Que te amo.

18 comentários:

Ivan Santos disse...

Das palavras és rainha,
de um estranho moço.

Ricardo disse...

quebrar o silêncio (apenas calando)...

~pi disse...

amar e calar

[ dis secar

e

na-da



~

Anna Costa disse...

Quisera eu ter alguém a quem querer dizer amar tanto assim... por hora estou sem a quem dizer!
O que seria pior? Ter ou não ter a quem dizer?
Te descobrí sem querer aqui... e adorei seus escritos!
Prazer, sou Anna!

diarte disse...

Pq às vezes falar reforça mais ainda o sentimento. palavra dita. Tem força imensa. Se escutamos nossa própria voz dizer. Acreditamos.

Gostei daqui!

xico_skywalker disse...

Oi... adorei o layout clean do seu blog ..
te linkei .. mas achu que isso nao faz muita diferença ....

bjus
t+

Cirano disse...

Bom saber o que dizem do amor,
(quem me dera algo dizer)
E que lindas as palavras de amor,
(quem me dera dele dizer)
Mas, aos poucos, me conforto.
(A poesia me ensina a entender, o que a vida faz ignorar)

O amor.


Linda poesia.

Prazer Caique

Fundação Cultural Jornalista Osvaldo Lima disse...

Estão abertas até o dia 15 de novembro as inscrições para o XI FestCampos de Poesia Falada, realizado pela Prefeitura de Campos dos Goytacazes-RJ, através da Fundação Cultural Jornalista Oswaldo Lima (FCJOL).

O objetivo é abrir espaço na cidade para que poetas e atores de todo o Brasil possam criar e mostrar seus talentos na arte de escrever e interpretar.

As 20 poesias classificadas para a final serão apresentadas no dia 4 de dezembro.

A premiação total é de R$ 11.000,00.

Regulamento e ficha de inscrição
aqui.

INFETO disse...

Gostei do espaço.
Visita o meu

http://poesiafotocritica.blogspot.com/

Abraços

GANÍMEDES disse...

Oi...
gosto do seu blog e
estou lhe convidando para visitar meu, para quem gosta de poesia e de fotos sensuais (sem nudez)

olhos para ver...
mentes para ler...

http://melpomenistico.blogspot.com/

obrigado

Vigilante disse...

Simplesmente amei, eu também escrevo poesia gostava que me visita-se em www.vigilanteworld.com continue escrevendo dessa forma maravilhosa.

Adoro a temática amor e você explorou-a da melhor forma!

André Weber Scarano disse...

Fascinante!

És de uma sutileza incrível.
Meus parábens!

também possuo um blog de poesias:
www.weberandre.blogspot.com

Eu ficaria bastante grato se visitasse e expressasse sua mirífica opinião.

um abraço!

lobo_rafael disse...

Gostei muito do seu blog. Te mostraria o meu blog, mas teria vergonha comparando com o seu.

Vida disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Vida disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
CAMISETASDAHORA disse...

Quer seguir a nossa idéia ?

Faça parte do nosso grupo de seguidores oficiais colocando um de nossos selos em seu site, vista esta idéia e apoie o Camisetas da Hora nessa campanha.

Ser nosso seguidor oficial = Descontos em suas compras de até 15%

Retire seu selo oficial: http://www.camisetasdahora.com/selos.php e solicite seu CUPOM DE DESCONTO!

Solicite seu cupom - contato@camisetasdahora.com

Cleilton F. Vieira disse...

As vezes é melhor mesmo nem saber, nem dizer, amar em silêncio talvez seja o que mais importa.

Belíssimo poema.

Um grande abraço.

Lucas Dórea Cardoso disse...

Adoro as voltas das quais utilizas para alcançar teus objetivos literários. Se desejar, leia o meus textos:
http://tenteperceber.blogspot.com/
Se apreciar a leitura, mantenha as visítas.